Pífanos do mapeamento a salva guarda

Felicidade em compartilhar com vocês informações sobre as bandas de pífanos do mundo, em especial, o mapeamento e pesquisa sobre as bandas de Pernambuco.

Desde 2013 que estamos nas estradas de Pernambuco, visitando sítios, pequenos lugarejos, cidades, fazendo a pesquisa e mapeamento das bandas de pífanos de Pernambuco, visando a salvaguarda, conservação e continuidade desta expressão musical. Tudo começou a partir de um pedido dos participantes do encontro de bandas pífanos que a Página 21 realiza em Olinda e Caruaru, o Tocando Pífanos. Depois de passarmos pelo Agreste Central, sertões do Moxotó, Pajeú e Central, chegamos aos sertões do São Francisco e Araripe, e ainda em 2019, seguiremos para o sertão de Itaparica, e finalmente faremos um reencontro com quatro comunidades quilombolas do sertão.  

Até agora, são cerca de 7.500 quilômetros percorridos em estradas de chão batido, asfalto, subindo serra, descendo serra, chegando aos grandes rincões de Pernambuco e ao encontro desses músicos encantadores. Infelizmente, por conta da falta de patrocínios, passamos alguns anos para finalizar essa importantíssima empreitada. Mas, com o patrocínio do Rumos Itaú Cultural nesta nova fase, terminaremos o mapeamento completo, chegando a aproximadamente 100 bandas catalogadas.

Todo o mapeamento é utilizando o método do Iphan, INRC (inventário Nacional de Referência Cultural), junta-se ao formulário, iconografia, tendo como resultado, livros e site que vocês vão acompanhar por aqui.

Arquivo(s) para download

compartilhe